Tópico original:

Evolução da linha Galaxy A

(Tópico criado em: 10-05-2021 02:16 PM)
Cayke_Augusto
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Olá, Members! Tudo bem com vocês? Todos sabem que a linha Galaxy A é bem grande e atende a diversos públicos. Mas você sabe como tudo isso começou e desde quando ela existe? Vem comigo que eu te explico tudinho!

image

 A linha A que conhecemos atualmente, além de ser uma das mais vendidas em mercados como o Brasil, que sempre busca intermediários, foi um grande teste da Samsung para saber o que agradaria o público a ponto de levar a(s) novidade(s) para o smartphone top de linha da próxima geração. Isso porque a linha A tem um número de lançamentos maiores durante o ano, então dá para arriscar um pouco mais.

Como tudo começou?

 Oficialmente, a linha A começou em 2015, mas antes disso a Samsung já havia colocado no mercado várias versões derivadas dos seus tops de linha. Alguns exemplos de 2014 são o Galaxy Ace 4, o Galaxy Core 2 e até o quase desconhecido Galaxy Alpha.

image
Galaxy Ace 4

image
Galaxy Core 2

 Enquanto os dois primeiros eram claramente versões de entrada ou intermediários com telas mais simples, processadores não muito potentes e câmeras de baixa resolução, o Galaxy Alpha já chegava muito perto de uma linha Galaxy S, com uma rela HD, 2GB de RAM e um processador Octa-core capaz de gravar em 4K, além de ser muito bonito enquanto mantinha a mesma linha de design de todo smartphone da empresa.

image
Galaxy Alpha

Anos 2014 / 2015

 O engraçado é que, apesar de conseguirmos achar algumas letras "A" nesses modelos, era difícil entender como eles se posicionavam e qual era melhor do que o outro. Então, visando organizar os dispositivos, a Samsung resolveu centralizar em linhas e números. Apenas um mês depois do lançamento do Alpha, em setembro de 2014, a sul-coreana anunciou o primeiro A3 e A5 2014, que não só marcavam uma nova linha, como a transição para o processador da Qualcomm, o Snapdragon 410. Eles também dividiam outras características, como armazenamento interno de 16GB, bordas em metal e câmera frontal de 5MP.

image
Galaxy A3/A5 2014

 As diferenças eram mais gritantes no tamanho da tela. O A3 possuía 4,5", enquanto no A5, o display era de 5", também possuía mais memória RAM, câmera traseira com mais megapixels e uma bateria maior.
 Seguindo a linha de lançamentos, o Galaxy A7 2015, que chegou 3 meses depois, trouxe um processador mais atualizado, com Snapdragon 615 para as Américas e uma variantes com Exynos 5430 para o restante dos países. Seu grande diferencial, além de mais processamento, ficava pra tela de 5,5", já que no restante das especificações ele estava muito próximo do A5.

image

Ano 2016

 É muito nítido como o mercado andava de forma diferente naquele ano. Visto que a próxima geração da linha A só chegou 1 ano depois, em 2016, a partir daí ela começou a aumentar bastante. As versões "lite" da linha S sumiram, então um modelo mais caro foi criado, o Galaxy A9 2016. Para contextualizar, o A3 2016 vinha com uma tela de resolução HD, enquanto o A5 e o A7 de 2016 já tinham uma tela de Full HD, tal como o A9. Ele chegou com o mesmo painel do A5 e do A7, porém com 6 polegadas.

image

 Nessa época, o Galaxy S6 já tinha uma tela de 2K, então foi interessante ver como a Samsung estava tentando levar seus painéis Full HD e Super AMOLED com qualidade topo de linha para todo o mercado de intermediários. Um grande ponto positivo desta atualização foi que todos os dispositivos da linha A de 2016 tiveram a mesma câmera principal de 13 MP, apesar da grande diferença de processadores e memória RAM. O interessante é que já nesse ano, todos os modelos já estavam presentes aqui no Brasil. Desde o A3 até o A9 estavam todos por aqui com preços que iam até R$2,800. Preço esse muito parecido com o que vemos hoje.

image

 Lá fora também já existiam o A9 Pro e o A8, que davam alguns indícios de como seria a próxima geração da empresa, já que foram lançados perto do fim do ano. Algumas evoluções perceptíveis foram o aumento da bateria para valores perto dos 3.000 mAh para toda a linha, presença do carregamento rápido, acabamento em vidro e câmeras frontais ainda de 5 MP.

Ano 2017

 Em 2017, tivemos uma mudança um pouco maior no layout do aparelho, que ficou mais redondinho nas bordas. Manteve a traseira de vidro, carcaça em metal, sensor de impressão digital no botão home, um pouco mais de sensores e, finalmente, a presença do USB-C, além de câmeras frontais melhores. Nessa época, a Samsung também implementou o Samsung Pay na linha A, o que até então era restrito às linhas S e Note. E, por incrível que pareça, até certificação IP68 eles possuíam.

image

 Vale destacar que nesse ano só foram 3 aparelhos lançados, são eles: Galaxy A3 2017, A5 2017 e A7 2017. Modelos esses que batiam de frente com outros 2 smartphones da própria Samsung, o J5 Pro e o J7 Pro, já que possuíam um acabamento muito semelhante e o processador não era tão inferior assim.

Ano 2018

 Em 2018, a Samsung aumentou bastante o número de aparelhos e resumiu um pouco dos seus lançamentos dessa linha. Ela trouxe para o mercado o A6+, o A8 e o A8+ 2018. O modelo A6+ roubava o mercado do J8 no Brasil. Os modelos Plus traziam telas maiores de 6 polegadas e resolução Full HD, junto a uma maior bateria, que era de 3.500 mAh. Os processadores também contavam com Snapdragon 450, enquanto na versão normal, a tela HD contava apenas com Exynos 7870. As câmeras também eram um pouco diferentes. O A6 tinha um conjunto de 16 MP na frontal e na traseira, e o A6+ tinha 24 MP na frontal e duas câmeras na traseira, uma de 16 MP e uma de 5 MP.

image
Galaxy A6 (esquerda) e Galaxy A8 (direita)

 Já o A8 e o A8+ tinham um acabamento melhor e mais memória RAM, que chegava até 6GB. O fato é que tanto o A8, como o A8+ tinham câmeras duplas na frontal, facilitando assim o fundo desfocado nas selfies, função essa que virou totalmente software anos depois.

image
Galaxy A9 2018 (esquerda) e Galaxy A7 2018 (direita)

 Em 2018, também foram lançados o A7 e o A9, dois aparelhos que focaram bastante em aumentar o número de câmeras na traseira. O A7 2018 tinha 3 lentes e o A9 2018 tinha 4 lentes. Na época, todo mundo achou isso bizarro, mas ninguém sabia que o mercado atualmente iria virar câmera, câmera e mais câmera. As câmeras frontais tinham alta resolução e adicionaram um processador Exynos 7885, além de até 128 GB de armazenamento interno com 6GB de RAM.

image
Galaxy A6s 2018

image
Galaxy A8s 2018

 Um ponto importante é que 2 aparelhos ficaram de fora do nosso mercado, o A6s e o A8s 2018. O A6s foi dedicado ao mercado indiano e o A8s foi exclusivo da Coreia do Sul, sendo o primeiro aparelho com a tela Infinity-O. Ele possuía um furo na tela, similar ao que vemos nos Galaxy A11 e A21s. Antecedeu os Galaxy S10 e a traseira era igual ao que veríamos na linha A de 2019.

Ano 2019

image

 Chegando em 2019, a Samsung lançou uma chuva de smartphones, sendo 18 modelos só da linha A, fora os modelos das Linhas M, S, Note e Fold. Um dos motivos de termos tantos modelos da linha A só nesse ano, é que a empresa matou a linha J com a intenção de descomplicar a escolha entre um aparelho da linha J ou da linha A, agora estão todos no mesmo patamar e, basicamente, funcionou. Apesar do bom desempenho, em 2019 a Samsung revitalizou a linha Galaxy A e lançou a Galaxy M, vendida exclusivamente via internet, a fim de substituir a Galaxy J.


image
Galaxy A10 (esquerda) e Galaxy A20 (direita)

 O A10 e o A20 tinham um processador Exynos mais básico e se diferenciavam na câmera traseira dupla, mas com um acabamento muito básico mesmo, em plástico. Eles eram modelos nitidamente de entrada, mas com telas grandes.

image
Galaxy A40 (esquerda) e A30 (direita)

 O A30 e o A40 já adicionaram tela Full HD e começaram a brincadeira de encher de câmera, mas o A40 não chegou ao Brasil. Nesse ano, a lente de profundidade geralmente foi trocada por uma ultra-wide, já que o software melhorou bastante. E claro, o glasstic, um plástico com aparência se vidro, virou lei a partir desses dispositivos. Apesar de bonito, ele risca com bastante facilidade, então use uma capa 😉.

image
Galaxy A50

 O A50 era o meio do caminho e se diferenciava dos mais básicos por ter um processador, memória e câmeras melhores do que os anteriores, mas ficava para trás comparado ao A60, A70 e o A80, que já traziam processadores mais otimizados da Qualcomm e que entregavam recarga mais rápida, melhores câmeras e outros avanços significativos em poder de processamento.

image
Galaxy A80

 Um celular interessante lançado nessa época foi justamente o A80, com seu módulo de câmeras giratórias que fez sucesso na época. Além de todos esses modelos, também tiveram o A10s, A20s, A30s, A50s, A70s e A90 5G.

Ano 2020

image

 Chegando em 2020, os A51 e A71 ganharam uma tela ainda mais esticada e com menos bordas e se adequando ao que a linha S20 trouxe de design. Processadores, câmeras e acabamento ainda melhores foram encontrados por aqui, fazendo deles celulares muito famosos até os dias de hoje. Além desses modelos, também foram lançados o A01, A11, A21, A21s, A31, A41, A51 5G e A71 5G.

Ano 2021

image

 Finalmente, em 2021, a Samsung deu um salto com o A52 e A72. Os aparelhos agora ganham melhores câmeras, processadores e uma tela de alta taxa de atualização foi adicionada por aqui. Outras evoluções consideradas foi a adição de um áudio estéreo e a volta da certificação contra água e poeira nos dispositivos, que não era vista desde o A8 e A8+ em 2018. Entre os demais aparelhos lançados em 2021, encontram-se o A02, A02s, A12, A22, A32, A32 5G, A42, A52, A52 5G e A72.

image

Por fim, podemos concluir que, de qualquer forma, em conjunto, a revitalização da linha Galaxy A, desde 2019, tem sido bastante positiva. A imprensa especializada avalia bem os modelos, ressaltando a qualidade do acabamento, os recursos avançados em faixas de preço mais acessíveis e a inovação. Portanto, pode-se dizer que a nova aposta da Samsung substitui muito bem os antigos aparelhos Galaxy J.
10 Comentários
Eduaardo
Active Level 9
Opções
Galaxy A
Muito bom.
Obrigado por compartilhar

Já tive oportunidade de mexer em alguns desses aparelhos, como o Ace e o A7 2015.
O A7 funciona até hoje kk
Cayke_Augusto
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Fico feliz que tenha gostado da publicação e que cuide bem dos seus aparelhos! Certeza que o A7 ainda deve estar aí firme e forte 😅
MarcosSousa55
Active Level 8
Opções
Galaxy A
Muito bom
Cayke_Augusto
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Obrigado!! 😁
AlinneSimoes
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Cara que bacana essa análise histórica! Só acho que a Samsung deveria diminuir a linha. Por mim a linha A teria q ter apenas a A22, A32, A52 e A70. Pois lá fora tem A42, A92. Deveriam focar nos celulares q mais vendem. Tanto que a linha M compete muitas vezes com a A. E bem, é falta de logística da empresa. Mas o único diferencial mesmo é q na M vem a OneUi Core e a A em sua maioria é OneUi.

Mas está de parabéns pela postagem!
Cayke_Augusto
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Simm, a Samsung faz muitos lançamentos da linha A durante o ano. Os aparelhos acabam competindo diretamente com os da linha M. Acho que o melhor exemplo disso foi a grande dúvida que muitas pessoas tinham com Galaxy A71 vs Galaxy M51. Talvez a Samsung organize um pouco mais a linha com o passar do tempo. De qualquer forma, fico muito feliz que tenha gostado da postagem. Muito obrigado pelo seu comentário! 😁
AlinneSimoes
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Essa dúvida do A71 vs M51 é uma clássico. Pra quem é leigo no Android/ Samsung é terrível isso. Eu iria de A71 por ser compatível com Good Lock por mais q não seja oficial aqui, sempre tem os paranaues. E eu amo os módulos desse app. Hahaha. Nem tem o que agradecer, ficou muito massa o post!
Cayke_Augusto
Active Level 6
Opções
Galaxy A
Simm! O tanto de pessoas que eu já vi na dúvida entre esses dois não está escrito kkkk. E eu super concordo com você, também iria de A71 por causa da One UI completa. Amo os módulos do Good Lock também, uso vários deles! Hahahaha
wendell515
Active Level 3
Opções
Galaxy A
Muito bom